Cristiano Ronaldo se pronuncia sobre caso de assédio

single-image

Recentemente, uma grande polêmica envolvendo o nome de Cristiano Ronaldo veio à tona nas redes sociais. A acusação de um possível assédio tem tomado conta dos veículos midiáticos, após declarações detalhadas do que realmente havia acontecido, por parte da garota, o jogador decidiu se pronunciar pela primeira vez sobre o ocorrido.

No último sábado (29), o astro se pronunciou sobre o assunto em sua conta oficial no Instagram e negou as acusações:

– “Não! O que eles disseram hoje? Fake News! Eles querem se promover usando meu nome. É normal. Eles querem se tornar famosos usando o meu nome”, falou o jogador. De acordo com o site BBC, em comunicado oficial, os advogados do craque do Juventus afirmaram que vão processar o veículo alemão que divulgou as informações.“

A reportagem na Spiegel é descaradamente ilegal. Provavelmente uma das mais graves violações de direitos pessoais nos últimos anos”, disse Christian Schertz.

Kathryn Mayorga alegou ter sido forçada a transar com ele em um hotel em 2009. A informação foi publicada na revista alemã Der Spiegel. Na publicação em questão, a norte-americana disse que o jogador convidou ela e mais algumas amigas para o acompanharem até sua cobertura em um hotel localizado em Las Vegas, Estados Unidos, e que foi neste local que Cristiano teria a atacado enquanto ela trocava de roupa para entrar na jacuzzi.

Além disso, o jornal também cita que um ano após o ocorrido, em 2010, Kathryn teria chegado em um acordo extrajudicial com o astro para que nunca fosse à público o que aconteceu. O pagamento combinado na época foi de 375 mil dólares, o equivalente, hoje, a um milhão e quatrocentos mil reais.

De acordo com a rede de TV CNN, a intenção do processo seria justamente anular esse documento, acusando o jogador de ter se aproveitado da fragilidade emocional da norte-americana para que assinasse o acordo.

TERRA

Leave a Comment