Casos em que armas apareceram em locais de votação serão investigados pela polícia

single-image

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (10) uma operação com o objetivo de investigar a autoria das imagens em que armas aparecem em locais de votação ou em frente às urnas eletrônicas. Os registros se espalharam por redes socais e grupos de mensagens na internet durante o 1º turno de votação nas Eleições 2018.

Mandados de busca e apreensão estão designados para acontecer nos estado de São Paulo, Paraná e Sergipe. No Paraná, a PF cumprirá um mandado de busca e apreensão além de lavrar Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) nos estado de São Paulo e Sergipe.

No último domingo (7), inclusive, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que registrou casos em que eleitores compartilharam fotos de armas no momento do voto.

t5