Acusada de encomendar morte do irmão será julgada nesta quinta (11), em JP

single-image

Após adiamento, acontece nesta quinta-feira (11) o julgamento da acusada de encomendar a morte de Marcos Antônio Nascimento Filho, assassinado com um tiro na cabeça em 2016.

Maria Celeste de Medeiros Nascimento, irmã da vítima, pode ter planejado o crime por conta da herança da família. Segundo as investigações, ela planejou um assalto forjado, com objetivo final de vender propriedades.

O julgamento estava marcado para o dia 30 de agosto, mas foi adiado a pedido da defesa, que alegou impossibilidade por questões de saúde.

A sessão acontecerá às 9h, no Fórum Criminal Ministro Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello, no Centro de João Pessoa. O Conselho de Segurança da instituição será encarregado da ação.

O crime

No dia 17 de junho de 2016, dois homens invadiram uma padaria do bairro Jardim Luna, em João Pessoa, e mataram Marcos Antônio Nascimento Filho. Ele era um dos proprietários do estabelecimento, assim como a irmã.

Dias após a morte, investigações da Polícia Civil apontaram que a irmã da vítima havia contactado os supostos assassinos após conversa com um sobrinho, que também é um dos suspeitos.

O Ministério Público do Estado (MPPB) protocolou a denúncia no dia 13 de outubro de 2016. Foi realizada a instrução criminal, sendo ouvidos declarantes, testemunhas e interrogados os réus.

Caso condenada, a suspeita pode responder criminalmente por homicídio triplamente qualificado e pode cumprir pena de até 30 anos.

t5