Dentista denuncia suposto superfaturamento em diversas compras para a saúde de Lagoa de Dentro

single-image

Novas irregularidades em várias compras feitas pela secretaria de saúde do municipio de Lagoa de Dentro, no agreste paraibano, foram apontadas por um dentista do município, que reuniu vários documentos com o intuito de comprovar as irregularidades.

Jorge Cordeiro, atua como dentista na zona rural e tem apontado diversas irregularidades, como a falta de material básico e de higiene no seu posto de trabalho. Segundo o dentista a secretaria de saúde teria pago mais de R$ 8 mil na aquisição de matérial de limpeza, porém, não há se quer água sanitária em alguns locais e neste momento de pandemia estaria faltando até álcool em gel 70%.

Também foi apontado uma possível compra superfaturada de calculadoras para a secretaria de saúde no valor de mais de R$ 800 e mais de R$ 133 em grampos para grampiadores. Ainda a secreteria de saúde teria comprado mais de R$ 500 em filme badiografico, mesmo com o equipamento de raio X do município quebrado há vários anos e a compra de vários adesivos dentários, no valor de R$ 68 cada, que anteriormente haviam sido comprados pelo valor de R$ 17.

Outro agravante teria sido um possível superfaturamento na compra de uma cadeira para dentista com controle eletrônico que custa em média R$ 8 mil, mas a secretaria de saúde teria pago quase R$ 17 mil, como mostra o documento abaixo:

Novo Documento 2020-03-21 20.25.26_3 (1)

Fonte: Portal Diário 1
Créditos: Portal Diário 1

Positive SSL