Técnico do Treze prevê confronto difícil contra América-MG pela Copa do Brasil

single-image

O ponto conquistado em Fortaleza manteve a invencibilidade do Treze no ano e colocou a equipe na segunda colocação no Grupo A da Copa do Nordeste. Para superar o próximo desafio, agora pela Copa do Brasil, diante do América-MG, o treinador Marcelinho Paraíba quer manter a proposta de jogo que vem dando resultado.

No empate no último sábado (13), o Galo da Borborema demonstrou avanços em relação ao confronto diante do CSA-AL, na primeira rodada, que também terminou em igualdade no placar. Para o técnico, esse avanço veio justamente no trabalho com a bola dos jogadores, que agrediram mais a defesa do tricolor cearense.

– Primeiramente, a postura de jogo, de marcação, foi a mesma, tanto a do jogo contra o CSA-AL, quanto essa contra o Fortaleza. A diferença é que contra o Fortaleza, com a posse de bola, conseguimos trabalhar mais no campo do adversário sem perder rapidamente a posse de bola, fez com que criássemos essas oportunidades, chances de gol. Essa postura eu quero dar à equipe daqui para frente – analisou.

A ideia de jogo do treinador iniciante é de uma equipe que se mantenha no campo adversário, buscando sempre o gol. Mas ele reconhece que, em algumas situações, contra equipes mais fortes e fora de casa, será necessário saber se fechar para explorar os contragolpes.

É a manutenção dessas ideias que Marcelinho vem tentando implantar no Presidente Vargas para buscar superar a equipe mineira pela competição nacional. O comandante alvinegro reconhece a força do adversário, principalmente pelo desempenho apresentado na temporada passada, mas acredita que pode fazer uma boa partida.

– É uma grande equipe, de Série A. No último ano, disputando a Série B, conseguiu a classificação para a primeira divisão. É uma equipe bastante rápida, jogadores que se mexem bastante dentro de campo, conheço bem o treinador que vem do outro lado. Mas é o que falei, temos a nossa proposta de jogo, nós vamos treinar bem essa semana, corrigir algumas coisas para poder chegar na quinta-feira, fazer uma grande partida e consequentemente conquistar essa classificação na Copa do Brasil também – projetou.

A confiança alvinegra se justifica pelas recentes atuações, mas durante a pré-temporada, o torcedor viu com preocupação as atuações nos amistosos. Marcelinho sempre demonstrou tranquilidade em relação ao seu trabalho, e avalia que o que ocorreu nos testes foi necessário para o nível de atuação apresentado agora.

– Eu quis fazer aqueles amistosos difíceis, sabia da responsabilidade, mas eu dei a cara a tapa justamente para corrigir alguns erros, conhecer cada atleta. Foram importantes aqueles jogos porque deu pra gente ver onde poderia melhorar para quando chegasse na competição e não sofrermos tanto – justificou.

O atual campeão paraibano entra em campo nesta quinta-feira (18), às 16h, no estádio Amigão, para enfrentar o América-MG pela primeira fase da Copa do Brasil. O confronto será decidido em partida única, com o Galo precisando da vitória para se classificar. Em caso de empate quem avança é o Coelho.

FONTE:paraibaonline

%d blogueiros gostam disto: