Argentina vence Brasil por 1 a 0 e conquista um título após 28 anos

A Argentina conquistou um título após 28 anos. Em um jogo truncado e com várias faltas, o argentinos fizeram 1 a 0 com Di Maria ainda no primeiro tempo e foram campeões da Copa América neste sábado (10), no Maracanã.

Logo nos primeiros minutos ficou claro que o jogo seria quente e cheio de catimba. Antes de qualquer ataque perigoso, Fred levou cartão amarelo aos 4′.

Apesar da advertência ao volante brasileiro logo no início da partida, o árbitro deixou o jogo correr.

Neymar teve o calção rasgado em uma entrada sofrida aos 17′. As faltas e entradas se acumulavam.

Até que a Argentina balançou as redes: Antes do meio de campo, De Paul faz um lançamento primoroso para Di Maria, que ainda aproveita a falha de Lodi para tocar por cobertura de Ederson. Golaço.

Após levar o gol, o Brasil recuou um pouco e viu a Argentina trocar passes com tranquilidade. Aos 28′, Di Maria arriscou de novo de fora da área, mas a bola acerta Marquinhos.

O Brasil respondeu aos 32′: Ederson faz um lançamento primoroso para Neymar, que só para quando foi derrubado por Paredes, que recebeu cartão amarelo pela falta.

O jogo foi truncado até o fim do primeiro tempo. A Seleção Brasileira claramente enfrentou um problema de criação, que não ameaçou claramente a meta argentina.

Segunda etapa

Tite optou por tirar Fred e colocar Roberto Firmino, o que deixou Neymar mais solto pela esquerda.

Aos 7′, Richarlison recebe a bola pela direita, insiste e marca, mas o gol foi anulado corretamente por impedimento.

O Brasil era outro time no início do segundo tempo. Aos 8′, o mesmo Richarlison teve outra ótima oportunidade, mas chutou viu o goleiro Emiliano Martínez fazer uma boa defesa.

Aos 19′, a Argentina quase amplia após a defesa brasileira errar de forma boba na saída de bola. Mas Messi foi fominha e e não conseguiu aproveitar a chance.

O jogo ficou truncado novamente e os momentos mais importantes foram as substituições. Gabigol entrou no lugar de Lucas Paquetá, e logo depois os argentinos promoveram três mudanças.

Aos 42′, Messi ainda perdeu chance inacreditável, sozinho. O craque recebeu de De Paul, de frente para Ederson, mas deixou a bola passar e não matou o jogo.

A Argentina conseguiu segurar o abafa brasileiro nos cinco minutos de acréscimos e segurou a posse de bola até o encerramento do jogo.

Após o apito do árbitro, todo o time fez apenas uma coisa: se reuniu para abraçar Messi, que conquistou seu primeiro título pela seleção. Do outro lado do campo, Neymar se ajoelhou e chorou muito, protagonista da primeira derrota em casa da Seleção Brasileira para a Argentina.

 

R7 Esportes