Após completar 250 jogos pelo Santos contra o Athletico, pela Copa do Brasil, Jean Mota recebeu uma homenagem do clube nesta quinta-feira.

Antes do treino no campo do CT Rei Pelé, Jean foi surpreendido pela esposa Marianne Mota e pelos filhos Theo e Nathan, que entregaram a camisa com o número 250.

“Passa um filme na cabeça, né!? Eu postei recentemente nas minhas redes que o meu sonho era vestir essa camisa um dia, e tive a oportunidade de vesti-la 250 vezes. Isso é muito mais do que sonhei e planejei, e espero que venha muito mais. Me sinto muito abençoado e honrado por vestir essa camisa enorme”, disse o camisa 41.

Titular absoluto sob o comando do técnico Fernando Diniz, Jean Mota se firmou como segundo homem do meio-campo. Na atual temporada, o atleta já atuou em 42 jogos, marcando três gols e com quatro assistências.

“Fui sempre polivalente desde que cheguei aqui, a minha intenção sempre era ajudar. Mas hoje me sinto mais confortável, mais confiante. Sinto que tenho uma regularidade que não conseguia ter, até por mudar muito de posição também. Agora me achei ali como o segundo homem do meio. Fico muito feliz por isso, espero dar continuidade e seguir evoluindo cada vez mais”, concluiu o meia.

Jean Mota deve ser titular mais uma vez contra o Cuiabá neste sábado, na Arena Pantanal, pela 19ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva