Aguinaldo Ribeiro critica reforma do Imposto de Renda: ‘mediocridade’

single-image

Relator da comissão especial que discutiu a reforma tributária na Câmara Federal, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) usou o Twitter para criticar a reforma do Imposto de Renda aprovada pela Casa.

“A aprovação da proposta do IR representa a combinação da mediocridade, insensatez, vaidade e falta de espírito público. Nesse momento, é preciso que o bom senso e o compromisso com o país prevaleçam”, disparou o paraibano.

Ele continuou: “Não dá para tratar um tema tão relevante com tamanha irresponsabilidade. a dimensão tributária é hoje um dos principais entraves à competitividade das empresas brasileiras”.

Para o líder da maioria no Congresso, a verdadeira reforma tributária “precisa ser norteada pelos princípios da simplificação, desburocratização e desoneração do setor produtivo, sem aumento da carga tributária global, de modo a alavancar a competitividade do país.”

A última versão da proposta manteve o aumento da faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), de R$ 1.903,98 para R$ 2,5 mil mensais – correção de 31,3% e instituiu a taxação de lucros e dividendos da ordem de 15%.

Portal Correio