A vitória do Corinthians parecia encaminhada, mas nos últimos minutos, com golaço de Gustavo Maia, o Internacional empatou a partida em 2 a 2, neste domingo, no Beira-Rio, pela 28ª rodada do Brasileirão-2021 . O Alvinegro havia virado o jogo com Giuliano e Fábio Santos, de pênalti, após Rodrigo Lindoso abrir o placar os gaúchos. As equipes seguem empatadas na classificação.

Timão começa desligado novamente e Inter aproveita para abrir o placar

Apesar do caráter decisivo, o primeiro tempo do duelo começou morno com as duas equipes se estudando. Até que aos sete minutos, o Corinthians trabalhou uma posse de bola ofensiva em que Renato Augusto finalizou em cima da zaga colorada. Na reposta, em jogada pela esquerda, Patrick cruzou do outro lado da área, a zaga corintiana vacilou e Rodrigo Lindoso cabeceou. Cássio até conseguiu pegar, mas no rebote o volante completou para abrir o placar.

Novamente levando gol no início do jogo, como aconteceu no clássico contra o São Paulo, o Timão passou a tentar mostrar reação, mas um bom lance veio apenas aos 20 minutos, quando Gabriel Pereira chutou e a bola desviou para escanteio, em que Renato Augusto arriscou cabeceio para fora do gol. Mesmo assim, a equipe continuava levando pouco perigo ao adversário gaúcho.

Em contrapartida, o Internacional seguia assuntando quando conseguia encaixar um ataque. Aos 27 minutos, Taison arriscou um chute de longe e quase surpreendeu Cássio, que espalmou por cima do gol por segurança. Dez minutos depois, Patrick alcançou uma bola na linha de fundo e cruzou para Yuri Alberto no meio da área, mas o atacante não conseguiu finalizar para o gol.

No fim do primeiro tempo, ainda houve espaço para uma chance de cada lado: Edenílson arriscou um chute perigoso de fora da área que passou perto do gol de Cássio. Um minuto depois, o Alvinegro respondeu com Róger Guedes, que cortou da esquerda para o meio e chutou de perna direita, mas a bola foi para fora. Com isso, as equipes foram para o intervalo após uma etapa inicial morna.

Assim como no primeiro tempo, o início do segundo foi morno e quem levou perigo inicial foi o Internacional. Com facilidade, Johnny chegou pelo lado esquerdo e cruzou para Yuri Alberto, que conseguiu girar em cima da zaga corintiana e finalizou na trave, no que parecia ser a tônica da partida.

No entanto, Sylvinho mexeu no time, tirando Gabriel e Vitinho para colocar Du Queiroz e Gustavo Mosquito. Na jogada seguinte, Gabriel Pereira achou uma bola enfiada para Giuliano no meio da zaga colorada, o camisa 11 driblou Lomba e tocou para o fundo do gol para empatar o placar no Beira-Rio.

Três minutos depois, Renato Augusto tocou para Róger Guedes, que foi empurrado por Johnny dentro da área. A arbitragem marcou pênalti, que Fábio Santos, como sempre, converteu para virar o marcador a favor do time paulista. Com os dois gols praticamente na sequência, o Corinthians passou a controlar mais o jogo, enquanto o Internacional sentiu o baque e pouco reagia.

Embora tivesse mais posse, o Colorado não conseguia gerar lances de perigo. Enquanto, isso, o Timão quase chegou ao terceiro com Renato Augusto, que foi travado por Mercado. Em seguida, os donos da casa tentaram responder com cabeceio de Maurício, que obrigou Cássio a defender em dois tempos.

Quando a partida parecia definida em Porto Alegre, Gustavo Maia arriscou um belo chute de longe e acertou o gol de Cássio, igualando o marcador aos 47 minutos da etapa final. Para completar, jogadores de ambas as equipes se estranharam e Patrick, do Inter e Xavier, do Timão, foram expulsos.

E agora?

Com o resultado, o Corinthians vai a 41 pontos e permanece na sétima posição na tabela, ainda atrás do Internacional, que também foi a 41, mas fica com o sexto lugar. Agora, na segunda-feira, dia 1º de novembro, o Timão recebe a Chapecoense, na Neo Química Arena, enquanto o Colorado, vai até o Morumbi para enfrentar o São Paulo, ambos jogos válidos pela 29ª rodada do Brasileirão.