Uma descoberta arqueológica na Huaca Santa Rosa de Pucala, no Peru, revelou as ossadas de 29 pessoas que teriam sido enterradas há mais de mil anos. Entre elas, três restos mortais de crianças que podem ter feito parte da história da civilização Wari, império peruano que antecedeu os Incas. A informação é do site Observador.

Os restos mortais foram achados a 750 quilômetros da capital Lima. Entre as ossadas, 28 representam corpos inteiros, enquanto uma está incompleta. A maioria dos restos mortais são da era Mochica. Eles foram achados em túmulos de barro e em câmaras mortuárias.

Apenas quatro ossadas fazem parte da civilização Wari, segundo Edgar Bracamonte, líder da equipe de arqueólogos. Eles correspondem a três crianças e um adolescente que, ao que tudo indica, teriam feito parte de sacrifícios humanos, algo corriqueiro na cultura dessa civilização.

“Essas descobertas nos permitem repensar a história da região Lambayeque, especialmente as ligações à presença das civilizações Wari e Mochica na região”, comentou Bracamonte em entrevista à AFP.