O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, não crê que exista nenhum nome possível na oposição capaz de derrotar João Azevêdo (Cidadania) nas eleições do ano que vem para o Governo do Estado.

Ele foi questionado nesta quarta-feira (17), durante entrevista na Rádio Arapuan, sobre qual grupo de oposição ele acha que pode equilibrar a balança em uma disputa com João: a da esquerda, liderada por Ricardo Coutinho (PT), a dos bolsonaristas e a das lideranças políticas ligadas à família Cunha Lima.

“Nenhuma delas. O governador só perde para ele mesmo e ninguém mais. Se o governo errar nas suas articulações e na sua maneira de fazer política. Mas não perde nem para Cunha Lima, nem para os bolsonaros, nem a esquerda, sei lá, o centro, a direita. Esse governo só perde se cometer erros políticos e administrativos, senão vai ser uma das maiores vitórias que já se viu na Paraíba”, disse.

De acordo com Adriano, nem se a oposição se unir será capaz de vencer João pois, de acordo com ele, o grupo é reduzido e não tem um rumo definido.