Pedro Cunha Lima diz que federação entre PSDB e Cidadania anima e vai esperar para saber quem fica e quem sai da união dos dois partidos

single-image

 

O deputado federal Pedro Cunha Lima declarou que a federação entre PSDB e Cidadania anima e vai esperar para saber quem fica e quem sai da união dos dois partidos, em referência a não querer dividir o mesmo espaço com o governador João Azevêdo, membro do Cidadania. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade desta sexta-feira (28), conforme apurou o ClickPB, Pedro disse que “a partir de agora, é ver qual o desfecho partidário de tudo isso”.

“Existe algo positivo para o país, que é a redução do número de partidos, sobretudo para o funcionamento do Legislativo. É algo que prejudica a produtividade. Então a gente se anima por ver algo que vem para trazer um melhor funcionamento”, disse Pedro Cunha Lima, sobre a federação entre o PSDB, seu atual partido, e o Cidadania, partido onde está João Azevêdo. O governador recebeu convites de pelo menos nove partidos, o que pode levar Pedro a ficar na federação.

Sobre sua saída ou permanência, Pedro Cunha Lima, pré-candidato a governador da Paraíba pontuou que “a partir de agora, é aguardar para saber quais são os critérios em termos de quem fica e quem sai, como vai ficar isso porque não tem como tanto eu como o atual governador ficar no mesmo bloco. Temos posições bem distintas. Então, a partir de agora, é ver qual o desfecho partidário de tudo isso.”

 

Click PB