‘Justiça começa agir como partido político’, diz Bolsonaro

single-image

Em coletiva nesta segunda-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a “Justiça começa agira como partido político”. A fala aconteceu ao ser questionado sobre não ter comparecido para depor na Polícia Federal na última semana.

Bolsonaro foi convocado para ir presencialmente à PF para investigação do inquérito que apura o vazamento de informações sigilosas durante live. No entando, o chefe do Executivo disse que os documentos divulgados eram públicos.

“Não era sigiloso. Transformou-se em sigiloso depois da live. Eu não vou entrar nesse cipoal. O que nós temos (que fazer) é acreditar na Justiça. Quando a Justiça começa a agir como partido político… Eu entreguei nas mãos do advogado-geral da União para discutir esse assunto”, afirmou.

A Advocacia-geral da União entrou com recurso para o não comparecimento do presidente, mas este foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. A AGU tentou tirar o ministro do inquérito, mas não obteve sucesso.

 

iG