Após revelações de Freire Gomes, PF marca novo depoimento de Mauro Cid para segunda (11)

Compartilhe

A Polícia Federal marcou para a próxima segunda-feira (11) um novo depoimento para que Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, esclareça alguns detalhes que surgiram após depoimento do ex-comandante do Exército Freire Gomes. A data do novo depoimento foi confirmada pela própria PF.

A expectativa é de que Cid possa tirar dúvidas, confirmar versões e obter mais detalhes a partir das revelações feitas por Gomes. O ex-comandante do Exército prestou depoimento na última sexta-feira (1ª).

Freire Gomes — Foto: Jornal Nacional/Reprodução

Freire Gomes — Foto: Jornal Nacional/Reprodução

Outro tema que deve ser abordado no depoimento de Cid será o depoimento do general Estevam Theophilo Gaspar de Oliveira, que integrou o Alto Comando do Exército e foi comandante de Operações Terrestres entre o final de março de 2022 até o final de novembro de 2023. A unidade fica em Brasília e não tem nenhuma tropa subordinada diretamente a ela.

De acordo com as investigações, em 9 de dezembro de 2022, Theophilo se reuniu com o então presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada e supostamente consentiu com a adesão ao golpe de Estado, desde que o presidente da República assinasse a medida, conforme conversas encontradas no celular do ajudante de ordens.

Mauro Cid fez acordo de delação premiada e é considerado peça-chave nos principais inquéritos tocados pela Diretoria de Inteligência da Polícia Federal e que envolvem o ex-presidente da República e aliados.

O acordo de colaboração prevê que Mauro Cid volte a prestar depoimentos quantas vezes forem necessárias, dizem os investigadores.

Fonte: G1

Leia Mais

Últimas notícias