PC/PB prende grupo especializado em roubo de placas eletrônicas de máquinas caça-níqueis legalizadas

Compartilhe

A Polícia Civil da Paraíba prendeu em flagrante um grupo criminoso especializado em furtar placas eletrônicas de máquinas caça-níqueis legalizadas, avaliadas em US$ 1.000 cada, conforme a cotação do dia, equivalente a R$ 4.980. A prisão foi efetuada pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT).

O flagrante ocorreu no final da tarde de sexta-feira quando investigadores da Polícia Civil surpreenderam três indivíduos tentando roubar os dispositivos no bairro de Mandacar. Os suspeitos, identificados pelas iniciais E. A. N. S. (21 anos), T. F. S. (21 anos) e o menor infrator J. S. P. (17 anos), foram detidos por furto qualificado, mediante o uso de chave falsa e concurso de pessoas.

O grupo criminoso estava sob investigação policial desde janeiro, devido a uma série de furtos ocorridos em várias cidades paraibanas, como Patos, Santa Luzia, Santa Rita e Bayeux. No total, o grupo subtraiu 16 placas eletrônicas de máquinas caça-níqueis legalizadas, resultando em um prejuízo de R$ 80 mil.

As últimas atividades criminosas do grupo foram registradas na última quarta-feira, nas cidades de Patos e Santa Luzia. Parte do material furtado foi encontrada no interior da residência de um dos suspeitos, localizada no bairro de Mandacaru.

É importante ressaltar que as máquinas caça-níqueis em questão estão devidamente legalizadas, com uma parcela da arrecadação destinada aos cofres do Estado.

 

Leia Mais

Últimas notícias