Inscrições para Residência Médica em Campina Grande terminam nesta sexta-feira - Portal Diário 1

Inscrições para Residência Médica em Campina Grande terminam nesta sexta-feira

single-image

Terminam nesta sexta-feira (15) as inscrições para o programa de Residência Médica pela Prefeitura de Campina Grande. Os candidatos interessados devem se dirigir até o Hospital da Criança e do Adolescente, que fica na Avenida Floriano Peixoto, no bairro do Centenário.

Estão sendo oferecidas quatro vagas para a especialidade de pediatria e duas para neonatologia. A residência exige formação no curso de medicina e dedicação exclusiva e as bolsas oferecidas são de R$ 3.330,43. As jornadas são de três e dois anos, respectivamente para cada especialidade.

Os documentos necessários para a inscrição são CPF, diploma do curso de medicina, e documento oficial de identificação pessoal. A taxa de inscrição é de R$ 200,00. A seleção é composta de prova teórica, que será aplicada no dia 18 de março na Sociedade Médica de Campina Grande.

O Programa de Residência Médica de Campina Grande foi iniciado em 2013. O serviço foi habilitado pelo Ministério da Saúde com vagas para pediatria, ginecologia/obstetrícia, medicina de saúde da família e da comunidade e neonatologia, que acompanham os recém-nascidos nos primeiros 28 dias de vida dos bebês. Desde 2013, o número de vagas para cada especialidade já foi dobrado.

Os residentes são acompanhados por preceptores, médicos experientes e com titulação acadêmica, que supervisionam o trabalho dos alunos e orientam. “Com esse programa que desenvolvemos em parceria com a UFCG, estamos ajudando a dar formação para os médicos recém formados da cidade e colaborando para criar especialistas para a rede de saúde em áreas menos pretendidas pelos médicos, como pediatria e medicina de saúde da família”, avaliou a Secretária Municipal de Saúde, Luzia Pinto.

Além da Residência Médica, também existem mais de 2.900 estagiários, que atuam em Unidades Básicas de Saúde ou unidades de atenção primária e até a média complexidade. O Pedro I Especialidades, a Ala Geriátrica do Hospital Municipal Pedro I e unidades como a UBS Ronaldo Cunha Lima contam com estagiários.

Com Clickpb